sábado, 4 de março de 2017

Os erros mais comuns dos estudantes brasileiros de espanhol


Decidi compilar o que eu acho que são os principais erros dos estudantes brasileiros de espanhol.
É muito interessante prestar atenção nas dificuldades que encontram as pessoas com uma língua tão parecida. Alguns desses erros podem coincidir com os que encontramos nos falantes de espanhol estudando português, outros, são bem differentes.


Vamos vê-los :

1. Diferença entre hasta e hacia

Em português não existe a preposição hacia. Explicado rapidamente, hacia indica o sentido em que nos deslocamos: Voy hacia el norte = Vou em direção ao norte. Hasta sinifica até. 


2. Acentos

Muitos alunos costumam usar as regras de acentuação do português no espanhol, mas a maioria não são iguais.

Corrijo com muita frequencia es con acento (és) porque es = é. Outro exemplo é horário, porque em português as palavras paroxítonas (llanas, em espanhol) terminadas em hiato são acentuadas; em espanhol não existe essa regra.

Uma regra que sim é igual nas duas línguas é a de acentuar sempre as proparoxítonas (esdrújulas, em espanhol)


3. Falsos cognados e palavras parecidas


É quase impossível se livrar disso, de fato, sempre aparecem situações onde duvidamos se estamos usando uma delas com o sentido certo.

Temos casos esquisitos como "almóndiga", uma palavra utilizada em espanhol, igual ao português. Durante muito tempo foi considerada errada. A forma usada atualmente é albóndiga.

A palavra vagabundo tambem cria confusão. Em português um vagabundo é uma pessoa que leva uma vida sem rumo ou não gosta de trabalhar, enquanto em espanhol refere-se a alguem que mora na rua.


4. A preposição "a" depois de muitos verbos

Talvez o exemplo mais comum seja ir a, mas não é o unico.

Acho que para os alunos deve ser estranho utilizar uma expressão tão parecida a sua língua adicionando "a" no meio.

Vou sair agora: Voy a salir ahora.

Na escrita é muito habitual ter que corrigir: “Voy salir ahora”.


5. Problemas com a posição do pronome obliquo (pronombre reflexivo, em espanhol)

A regra é muito simples:

Com o infinitivo, imperativo ou gerundio o pronome se posiciona no final e se escreve junto, e quando o verbo está conjugado se posiciona na frente e se escreve separado: dormirse, bañarse, acostarse; se durmió, te bañaste, me acosté; cayéndose, golpeándote


6. Diferença entre "muy" e "mucho"

Muy usa-se na frente do adverbio ou adjetivo, enquanto que mucho vai na frente do substantivo ou atrás do verbo.

Para fazer comparações sempre devemos utilizar mucho.

"Es muy mejor que tú", não está certo e ouço-o com muita frequencia.

O correto é: "Es mucho mejor que tú".


7. Algumas conjugações

Acho que a mais comum é:
disse = dijo e dice = diz.

Disse, a forma em passado do português,  pronuncia-se igual que dice, a forma em presente do espanhol, por isso que é confuso.

A conjugação de qualquer verbo com vosotros sempre resulta muito difícil de memorizar para todos os alunos devido a que vosotros não é utilizado em português do Brasil.

Também é fácil confundir vieram, que sinifica vinieron (verbo venir) porque é parecida com vieron (verbo ver) que em português sería viram. 

Eu caibo se diz yo quepo, pela escrita con qu os alunos não a associam facilmente com o verbo caber.


8. Contrações

Em português existem muitas contrações, mas em espanhol só existen duas:  

de + el = del e a + el = al

“Voy a el aeropuerto” é um erro, como por exemplo: “Cogí las herramientas de el coche”.


9. A ss.

Em espanhol não existe ss mas em português é bastante comum. Uma s em espanhol sempre tem o som de ss em português. O som da s em português não existe em espanhol. É um erro que se repete muito devido a pronuncia.

Professor, assistir ou assedio sao bons exemplos. Em espanhol: profesor, asistir o asedio. Mesmo que todas não tenham igual significado nas duas línguas.


10. Palavras cuja pronuncia é igual ou muito similar ao espanhol mas cuja sílaba tônica é diferente

Vamos ver alguns exemplos :

Em espanhol: terapia, fobia, pantano, heroe; em português: terapia, fobia, pântano, herói.

Todas estas palavras tem o mesmo significado e a mesma pronuncia nas duas linguas, a exceção está na sílaba tônica que é diferente.


Nenhum comentário:

Postar um comentário